foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 30 Anos ao Serviço da Região

Gala 30 anos da Rádio Portalegre dia 31 de Outubro no CAE de Portalegre - esteja atento às emissões da sua Rádio

Verdes querem saber porque foi reduzida a pensão social de inclusão aos utentes do distrito de Portalegre

Resultado de imagem para mais de 60 por cento de incapacidade pensão

(Por Gabriel Nunes) Os Verdes denunciaram hoje que a Segurança Social “cortou” 63 euros ao valor das Pensões Sociais de Inclusão a utentes do distrito de Portalegre sem aviso prévio e sem dar qualquer justificação aos utentes.

 

A Pensão Social de Inclusão, com um valor mensal de 269 euros, foi criada para auxiliar as pessoas que tenham um grau de incapacidade superior a 60 por cento e de fracos recursos financeiros.

Em declarações à Rádio Portalegre a dirigente dos Verdes, Manuela Cunha, referiu ter tido conhecimento desta situação através de queixas de pessoas de Portalegre que chegaram ao PEV.

Manuela Cunha disse desconhecer se os cortes nas Pensões Socias de Inclusão foram aplicados apenas aos utentes do distrito de Portalegre ou se foi em todo o país.

Desconhecendo os motivos que levaram aos cortes, a dirigente critica o facto de os utentes não terem sido avisados e esclarecidos atempadamente.

Entretanto, o Grupo Parlamentar dos Verdes já entregou na Assembleia da República uma pergunta, questionando o Governo, através do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, sobre os cortes nas Pensões Sociais de Inclusão e se se trata de uma medida nacional.

A Rádio Portalegre tentou contactar, sem sucesso, a diretora da Segurança Social de Portalegre, Sandra Cardoso, para obter um esclarecimento sobre esta matéria.