foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

alentejo2020

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Este domingo, 15/12, ouça mais uma Tarde Desportiva a partir das 14h. Destaque para a 4ª j. Taça Grupo JI

Boas Festas - Feliz Natal

Marvão vai recandidatar-se a Património Mundial

A Câmara de Marvão vai avançar com uma nova candidatura a Património Mundial pela UNESCO, depois de ter ultrapassado o problema de financiamento para a elaboração do dossier.

De acordo com o presidente do município alentejano, Victor Frutuoso, o financiamento foi adquirido através do programa InAlentejo, que comparticipa o projeto em “85 por cento” sendo que a elaboração do dossier implica um investimento de “200 mil euros”.

Em declarações à Rádio Portalegre, sexta feira, na cerimónia de apresentação da nova candidatura, o autarca explicou que a nova candidatura abrange o castelo da vila, a envolvente a Marvão, a Ammaia, e o património megalítico e natural.

A candidatura a Património Mundial pela UNESCO conta com o apoio da Entidade Regional de Turismo (ERT) do Alentejo, que considera a classificação de Marvão como Património Mundial “muito importante para a afirmação do destino”.

Para o presidente da Turismo do Alentejo, Ceia da Silva, “Marvão não é reconhecido Património Mundial oficialmente, mas já o é do ponto de vista factual”.

O mesmo responsável revelou ainda que o processo de candidatura de Marvão a Património Mundial vai durar cerca de dois anos.

A primeira vez que Marvão avançou com uma candidatura a Património da Humanidade, foi em 1996, mas acabou por retirá-la em 2006, depois de um parecer negativo, para evitar que fosse anulada.

Gabriel Nunes/Susana Mourato