foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 30 Anos ao Serviço da Região

Discussão sobre divida da Câmara de Nisa "aqueceu" debate com os candidatos à presidência daquele município nas eleições autárquicas

A Câmara Municipal de Nisa apresentava no final de 2012 um passivo elegível de 8,4 milhões de euros, encontrando-se no grupo dos municípios mais endividados do distrito de Portalegre.

Para o candidato da coligação PSD/CDS-PP, está situação deve-se aos “investimentos ruinosos” realizados pela autarquia ao longo dos últimos mandatos.

Para equilibrar as contas da Câmara Municipal, José Moura Semedo, defende "o aproveitamento dos recursos endógenos".

A candidata do PS voltou a apontar baterias para a presidente da Câmara de Nisa, responsabilizando-a pela delicada situação financeira do município e acusando-a de pôr em causa a solidariedade intergeracional.

Idalina Trindade disse ainda que se não fosse a oposição a colocar “um travão” na despesa do município, a situação financeira da autarquia estaria muito pior.

O candidato da CDU, por seu turno, defende "uma aposta na politica social e no trabalho em parceria" para reduzir a divida da Câmara de Nisa.

Victor Martins afirmou ainda que “é tempo de deixar de fazer obra só para ganhar votos e com proveitos eleitoralistas”.  

Já o candidato do movimento independente “Mexer com Nisa”, Manuel Bichardo, defende uma gestão racional e rigorosa” dos dinheiros públicos, “capaz de garantir o equilíbrio orçamental” das contas do município.

A “Operação Autárquicas 2013” da Rádio Portalegre prossegue na próxima quinta- feira, com a realização do debate com os candidatos à Câmara Municipal de Castelo de Vide, no Centro Municipal de Cultura, naquela vila alentejana.

Gabriel Nunes/Carla Aguiã