foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 30 Anos ao Serviço da Região

Campo Maior:Candidatura das Festas do Povo a Património Cultural Imaterial da UNESCO só vai ser analisada e votada em 2021

A imagem pode conter: ar livre

(Por Carla Aguiã/Gabriel Nunes) - A candidatura das Festas do Povo de Campo Maior a Património Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO só vai ser analisada e votada no ano de 2021.

 

Em declarações à Rádio Portalegre, o presidente da Câmara de Campo Maior, Ricardo Pinheiro, explicou que em 2020 a UNESCO não vai avaliar nenhuma candidatura da Europa.

A Rádio Portalegre sabe que está decisão deve-se ao facto da Europa ter muitos mais bens classificados do que os outros continentes.

O objetivo é o de haver aqui um equilíbrio entre o número de bens classificados na Europa com o dos outros continentes.

Com ou sem o selo da UNESCO, Ricardo Pinheiro espera que a população de Campo Maior decida realizar as Festas do Povo em 2020, considerando que pode acrescentar valor à candidatura.

As Festas do Povo são o maior cartão-de-visita de Campo Maior, e consistem na decoração de dezenas de ruas, com milhares de flores coloridas em papel, criadas pela imaginação e criatividade da população.

A última edição, em 2015, mobilizou 7.500 voluntários, que ajudaram a decorar 99 ruas numa extensão de cerca de 10 quilómetros.

De origem secular, as Festas do Povo só se realizam quando a população da vila quer e são reconhecidas internacionalmente pela sua "originalidade e cariz popular".