foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 30 Anos ao Serviço da Região

O que fazer para sobreviver à greve dos motoristas? A Deco aconselha

Se a paralisação dos motoristas de mercadorias e matérias perigosas, não for desconvocada até 12 de agosto, o fornecimento de produtos às grandes superfícies (supermercados), serviços e indústria pode ficar comprometido.

Em resposta ao ministro das Infraestruturas e da Habitação, que apelou à preparação prévia dos portugueses para a eventualidade desta greve, a Deco sugere dicas para que os consumidores se possam defender do impacto da manifestação.

 

Em declarações à Rádio Portalegre, a jurista Isabel Curvo da Deco, deixou alguns conselhos aos consumidores para “sobreviver” à Greve.

Abastecer antecipadamente o carro, a dar preferência aos transportes públicos, garantir uma embalagem extra dos medicamentos usados no dia-a-dia e apostar na compra de produtos com prazo de validade alargado, são alguns conselhos que fazem parte do manual que a Associação de Defesa do Consumidor elaborou.

Em resposta ao apelo do ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, que avisou os portugueses para a necessidade de estarem preparados para a greve, a Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (Deco) preparou um “manual de sobrevivência” com dicas para ajudar os consumidores a estarem prevenidos.

Susana Mourato