foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 30 Anos ao Serviço da Região

Portalegre:Ainda não houve necessidade de transferir grávidas para outro hospital apesar do encerramento da Urgência de Ginecologia e Obstetrícia

(Por Gabriel Nunes) - A Urgência de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital de Portalegre encontra-se encerrada desde as 20:00 de sexta feira, mas até hoje de manhã, não houve necessidade de transferências de grávidas para outro hospital.

 

Segundo o porta voz da Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA), Ilídio Pinto Cardoso, apesar do encerramento da Urgência de Ginecologia e Obstetrícia a maternidade do hospital está a funcionar dentro da normalidade.

Em declarações à Rádio Portalegre, Ilídio Pinto Cardoso adiantou que desde sexta feira à noite, não foram realizados partos, mas foi dada alta a um recém nascido e à mãe, estando previstas para este domingo mais duas altas clinicas.  

O encerramento temporário da Urgência de Ginecologia e Obstetrícia de Portalegre deve-se à falta de obstetras em número suficiente para assegurar o serviço.

De acordo com o porta voz da ULSNA são precisos dois obstetras para que a urgência possa funcionar, sendo que neste momento apenas dispõem de um.

A Urgência de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital de Portalegre reabre esta segunda feira a partir das 08:00.