foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 30 Anos ao Serviço da Região

Portalegre:ULSNA garante que nenhuma grávida ficará sem atendimento mesmo que a Urgência de Obstetrícia não esteja a funcionar

A imagem pode conter: 1 pessoa, interiores

(Por Gabriel Nunes) - O presidente do Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA), João Moura Reis garante que nenhuma grávida ficará sem atendimento caso se dirija ao hospital de Portalegre nos dias em que a Urgência de Obstetrícia não esteja a funcionar.

 

A Urgência de Obstetrícia do Hospital de Portalegre encerrou no último fim de semana devido à falta de obstetras para assegurar o serviço, uma situação que se pode voltar a repetir durante este verão.

Segundo Moura Reis a falta de obstetras “não é um problema novo” e afeta todo o interior do país, agravando-se durante o período das férias de verão, nomeadamente a partir de julho e até à primeira quinzena de setembro.

Admitindo a possibilidade da Urgência de Obstetrícia poder encerrar novamente o administrador da ULSNA garante que nenhuma grávia ficará sem atendimento caso se dirija ao hospital de Portalegre.

As grávidas assistidas em Portalegre, em dias em que a Urgência de Obstetrícia não funcione, caso se justifique, serão encaminhadas para o Hospital de Évora.