foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 30 Anos ao Serviço da Região

Gala 30 anos da Rádio Portalegre dia 31 de Outubro no CAE de Portalegre - esteja atento às emissões da sua Rádio

Portalegre: ACT abriu inquérito ao acidente que deixou duas vítimas soterradas

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé e ar livre

A Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) abriu um inquérito para averiguar as causas do acidente de trabalho, ocorrido esta quinta-feira em Portalegre, do qual resultou um morto e um ferido grave.

 

Em declarações à Rádio Portalegre, o diretor do Centro Local do Alto Alentejo da ACT, David Neves, disse que já foi feita uma primeira avaliação, pelas técnicas que se deslocaram ao local, após a PSP der dado conhecimento do acidente à ACT, o que ocorreu poucos minutos depois de ter sido dado o alerta.

David Neves adiantou que a empresa para a qual trabalhavam as vítimas tem sede na Covilhã.

Um trabalhador morreu e outro ficou com ferimentos graves após terem ficado soterrados num acidente de trabalho, ocorrido às 12:12 de quinta feira, numa obra na zona industrial de Portalegre.

O corpo da vítima mortal, um homem com cerca de 50 anos, foi removido para o Instituto de Medicinal Legal de Portalegre, enquanto o ferido grave, com cerca de 60 anos, foi transportado pelos bombeiros para as Urgências do Hospital de Portalegre.

As duas vítimas ficaram soterradas após um "movimento de massa" quando realizavam trabalhos de montagem de uma conduta.

As informações foram avançadas pelo segundo comandante dos bombeiros de Portalegre, Jorge Marques, que disse desconhecer as causas do acidente.

As operações de socorro, que duraram mais de três horas, envolveram 21 operacionais, entre bombeiros e PSP, apoiados por oito veículos.