foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 30 Anos ao Serviço da Região

Este domingo, 17/11, ouça a Tarde Desportiva a partir das 14h00, com os relatos dos jogos da 4ª jornada da Liga Francisco Gil: Castelo de Vide-FC Crato e Portalegrense-Mosteirense

Castelo de Vide: Câmara de “boas contas”

Resultado de imagem para castelo de vide

A Câmara Municipal de Castelo de Vide surge na terceira posição do ranking dos municípios portugueses com menor passivo exigível em 2018.

De acordo com o Anuário Financeiros dos Municípios Portugueses, no final do ano passado, o passivo da autarquia de Castelo de Vide era de pouco mais de 207 mil euros.

 


Além de estar no top três dos municípios com menor passivo exigível no final de 2018, a Câmara de Castelo de Vide, conseguiu ainda reduzir a sua divida em cerca de 206 mil euros, em comparação com o final do ano de 2017.
Em declarações à Rádio Portalegre, o presidente da Câmara de Castelo de Vide, António Pita, mostrou-se “muito satisfeito” pelo facto de serem referenciados como “município de boas contas”.


As câmaras de Arronches, com um passivo exigível de cerca de 576 mil euros, Marvão (1 milhão 52 mil euros) e Gavião (1 milhão 213 mil euros), ocupam a 8ª, 13ª e 20ª posição, respetivamente, no ranking nacional dos municípios com menor divida em 2018.
A Câmara de Portalegre, por seu turno, era no final de 2018 o 49º município português com maior passivo exigível, possuindo uma divida de cerca de 22 milhões 122 mil euros.
Mas nem tudo são más noticias para Portalegre é que a Câmara da capital de distrito foi a 35ª do país a conseguir a maior diminuição do passivo exigível em 2018, abatendo quase 3,7 milhões à sua divida.


De salientar que nos últimos 10 anos a Câmara de Portalegre reduziu a sua divida em cerca de 23,5 milhões de euros, o que se traduz numa redução média a rondar os 2,3 milhões de euros por ano.