foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

alentejo2020

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Ouça a Tarde Desportiva domingo, 8/12, a partir das 14h00 com destaque para a 6ª j. da Liga F. Gil em futebol

Boas Festas - Feliz Natal

Distrito Portalegre/Censos Sénior:Disparam novos casos de idosos a viverem sozinhos ou isolados mas o número global baixa ligeiramente

Nenhuma descrição de foto disponível.

(Por Gabriel Nunes/Carla Aguiã) - A Guarda Nacional Republicana (GNR) sinalizou 3.147 idosos a viverem sozinhos ou isolados no distrito de Portalegre, em outubro, no âmbito da operação “Censos Sénior”.

 

De acordo com o Major David Pires, da GNR de Portalegre, foram registados 170 novos casos em comparação com a operação de 2018, apesar do número total registar uma diminuição de 9.

A razão para existirem menos idosos a viverem sozinhos ou isolados e ao mesmo tempo haver um aumento substancial de novos casos deve-se ao facto de alguns terem falecido ou sido institucionalizados no período entre as operações de 2018 e 2019.

Em declarações à Rádio Portalegre o oficial da GNR indicou ainda que durante a operação “Censos Sénior” os militares da GNR desenvolveram ações de sensibilização junto dos idosos para adotarem comportamentos de segurança que permitam reduzir o risco de se tornarem vítimas de crimes, bem como prevenir comportamentos de risco associados ao consumo de álcool.

O maior número de idosos identificados a viver sozinhos ou isolados foi no distrito de Vila Real (4.736), seguido da Guarda (4.183), Faro (3.272), Viseu (3.201), Portalegre (3.147) e Bragança (3.142).

A primeira edição do “Operação Censos Sénior” realizou-se em 2011 e, desde então, a GNR tem vindo a construir uma base de dados geográfica com o objetivo de proporcionar um melhor apoio à população idosa.