foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

alentejo2020

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Ouça a Tarde Desportiva domingo, 8/12, a partir das 14h00 com destaque para a 6ª j. da Liga F. Gil em futebol

Boas Festas - Feliz Natal

Gavião: Ministra da Coesão Territorial defende medidas “diferenciadoras” para os territórios do interior

A imagem pode conter: 1 pessoa, óculos graduados

A ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, disse este sábado, em Gavião que as regiões do interior devem ter medidas “diferenciadoras” de desenvolvimento adaptadas às características de cada território, além das "medidas transversais".

 

A governante falava no final da cerimónia comemorativa dos 500 anos da atribuição do foral manuelino à vila de Gavião, afirmou que o problema do interior “é a falta de pessoas”, no entanto é necessário primeiro “pensar nos que cá estão e, dar melhores condições às empresas para virem para estes territórios” que “ têm um enorme potencial”.

Condições de atratividade para novas empresas e famílias, bolsas de habitação e reforçar o apoio às autarquias locais são algumas medidas concretas que a ministra Ana Abrunhosa apontou como fundamentais para fixar população e “quebrar a barreira psicológica” que existe sobre o interior.

A ministra da Coesão territorial, Ana Abrunhosa presidiu, este sábado, à sessão solene evocativa dos 500 anos de atribuição do foral manuelino a Gavião que decorreu no Cine Teatro Francisco Ventura.

Durante a cerimónia a autarquia, homenageou todos os antigos autarcas e entregou a todos os funcionários do município uma medalha comemorativa e um certificado.

 

Susana Mourato