foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

alentejo2020

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Ouça a Tarde Desportiva domingo, 8/12, a partir das 14h00 com destaque para a 6ª j. da Liga F. Gil em futebol

Boas Festas - Feliz Natal

Portalegre/Taxa IMI:PS meteu a marcha atrás

Nenhuma descrição de foto disponível.

(Por Gabriel Nunes) - A Câmara Municipal de Portalegre aprovou, hoje, uma proposta para fixar em 2020 o Imposto Municipal de Imóveis (IMI) para prédios urbanos em 0,40, uma semana depois de ter aprovado uma taxa de 0,35.

 

A proposta da taxa dos 0,35 tinha sido aprovada na reunião camarária da passada semana com os votos favoráveis dos vereadores Armando Varela (PSD), Luís Pargana (CDU) e José Correia da Luz e Artur Correia (PS).

Esta quarta feira, o vereador do PS, Artur Correia, que tinha aprovado a proposta dos 0,35, apresentou uma proposta para fixar o IMI em 0,40 no próximo ano.

Em declarações à Rádio Portalegre, o vereador socialista Artur Correia justificou a mudança do sentido de voto com o facto de ter chegado à conclusão que a taxa de 0,35 do IMI prejudicaria o orçamento camarário em mais de 400 mil euros em 2020.

Caso fosse aprovada a taxa de IMI de 0,35, para 2020, as receitas da câmara cairiam mais de um milhão de euros, contabilizando também os 600 mil euros que vai deixar de receber com a diminuição da participação variável no IRS cobrado aos habitantes do concelho que passou de 5% para 2,5 % por proposta do PS.

A proposta da taxa para fixar o IMI em 0,40, em 2020, foi aprovada com o "voto de qualidade" da presidente de câmara, eleita pela CLIP, uma vez que dos seis elementos presentes na reunião, dois do CLIP e um do PS(Artur Correia) votaram a favor, e o outro vereador do PS(Correia da Luz) e os vereadores da CDU e PSD votaram contra.

 

A taxa do IMI atualmente em vigor em Portalegre é de 0,40.