foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

Rádio Portalegre - 30 Anos ao Serviço da Região Alentejo

Este domingo, 26/1, ouça aqui a Tarde Desportiva a partir das 14h00 com destaque para a 6ª J. da Taça Grupo JI

Avis:"Caíram em saco roto" as promessas do novo quartel da GNR

A imagem pode conter: automóvel, árvore, planta e ar livre

(Por Gabriel Nunes) - O processo de construção do novo quartel da GNR em Avis continua parado e já passaram mais de seis meses depois dos militares terem sido despejados do posto pelo proprietário que arrendava o espaço.

 

A construção do novo quartel, um anseio com cerca de três décadas, tinha sido prometida pelo Governo em abril de 2018, com a então secretária de Estado da Administração Interna, Isabel Oneto, a apontar um prazo de três meses para a concretização do projeto e lançamento da obra.

Aquando do despejo do quartel, em maio de 2019, a construção da “nova casa” da GNR de Avis voltava a ser prometida, desta vez pelo Comando da Guarda, que indicava o mês de agosto do mesmo ano para o arranque das obras.

Em declarações à Rádio Portalegre o presidente da Câmara de Avis, Nuno Silva afirmou hoje ter apenas conhecimento do estudo prévio do projeto.

Nuno Silva mostrou-se esperançado que o quartel venha a ser construído e que não passe apenas de uma promessa que é feita de quatro em quatro anos (em anos de eleições) à população do concelho de Avis.

Os militares da GNR de Avis estão instalados em instalações provisórios, desde o início de junho de 2019, cedidas pelo município, para onde se transferiram depois de terem sido despejados do quartel que funcionava num edifício privado.

Recorde-se que a câmara de Avis disponibilizou há mais de um década um terreno para a construção de um novo quartel da GNR