foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 30 Anos ao Serviço da Região

PROTEJA-SE, FIQUE EM CASA E OUÇA A RÁDIO PORTALEGRE

Portalegre:Presidente do Politécnico admite que o dinheiro do Orçamento de Estado não chega para pagar os salários

A imagem pode conter: 1 pessoa

(Por Gabriel Nunes/Carla Aguiã) - O presidente do Instituto Politécnico de Portalegre (IPP), Albano Silva, admitiu hoje que as verbas que recebem do Orçamento de Estado não chegam para pagar os salários a professores e funcionários da instituição.

 

Em declarações à Rádio Portalegre Albano Silva disse que a única forma de colmatar estas lacunas financeiras é aumentando as prestações de serviços para fazer crescer significativamente as receitas próprias.

O dirigente sublinhou que foi essa a receita usada no último ano e que permitiu ao IPP fechar 2019 com os salários em dia e com dinheiro de sobra para pagar os encargos para com a Segurança Social referentes a dezembro último.

Os politécnicos portugueses, à semelhança das Universidades, vão contar com uma dotação de 1.160 milhões de euros no Orçamento de Estado para 2020. Este montante representa um aumento de 5% face aos 1.105 milhões do OE de 2019