foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 30 Anos ao Serviço da Região

Futebol/Taça Grupo JI:Crato e Eléctrico à procura de "um lugar ao sol"

A imagem pode conter: pessoas a praticarem desportos, relva e ar livre

(Por Gabriel Nunes/Susana Mourato) - O FC Crato e Eléctrico podem “carimbar o passaporte” para as meias finais da Taça Grupo JI, caso vençam os respetivos jogos da sétima jornada da competição marcada para sábado e domingo.

O Eléctrico, que ocupa a segunda posição da tabela classificativa com 12 pontos, desloca-se ao Fronteirense, no sábado, e se vencer tem praticamente assegurada a presença na próxima fase da competição organizada pela Associação de Futebol de Portalegre.

 

O Fronteirense encontra-se no quinto lugar com 9 pontos, estando ainda na luta por um lugar no grupo dos quatros primeiros que vão estar nas “meias”.

No lançamento desta partida o treinador do Fronteirense, Pedro Canário disse que mesmo em caso de derrota o seu conjunto ainda não hipoteca este objetivo porque ainda tem dois jogos por disputar, mas a prioridade é vencer.

Do outro lado, o treinador da equipa de Ponte de Sor, Hugo Lopes, quer assegurar já o apuramento para as meias finais, mas não espera que o adversário conceda facilidades.

O FC Crato, que lidera a classificação da Taça Grupo JI, com 13 pontos, recebe, domingo, o Sport Clube Estrela. Em caso de vitória a formação da Cruz de Malta, orientada por Edgar Rodrigues, reserva desde já um lugar nas “meias”.

O Estrela, por seu turno, encontra-se no oitavo lugar com 3 pontos, sendo que uma derrota afasta matematicamente das meias finais a equipa treinador por Luís Ricardo.

Outra equipa perto de garantir o apuramento para a próxima fase da Taça é o Portalegrense, que se encontra no terceiro posto da pauta com 11 pontos.

A formação de Portalegre recebe, domingo, o Gafetense, que está no último lugar da classificação com 1 ponto, e já fora da luta pelo apuramento.

Na antevisão a este encontro o treinador do Portalegrense, Filipe Meira referiu que o seu conjunto ainda não garantiu a presença nas meias finais, mas admitiu que uma vitória representa um grande passo para a efetivação desse objetivo.

Por parte do Gafetense, o treinador Vítor Nozes disse que o facto de a sua equipa não ter possibilidades de seguir em frente não significa que vão facilitar no jogo com o Portalegrense.

Ainda a contar para esta jornada, e também no domingo, o Mosteirense, quarto classificado, com 9 pontos, quer “segurar” pelo menos o lugar que ocupa, sabendo que no quinto posto, em igualdade pontual, encontra-se o Fronteirense, à espera de um deslize da formação de Mosteiros, na deslocação aos Gavionenses.

Ouvido pela Rádio Portalegre, o treinador do Mosteirense, Jorge Moura afirmou que só pensa na vitória, mas defendeu que para alcançar esse objetivo os seus jogadores vão ter de fazer um jogo “a roçar a perfeição”.

Os Gavionenses, orientados por Nuno Gomes, encontram-se no sétimo posto com 4 pontos, sendo que matematicamente ainda se podem apurar para as meias finais, à semelhança do Castelo de Vide, que folga nesta ronda, e que está no sexto lugar com 7 pontos.