foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

alentejo2020

Portalegre: Ricardo Pinheiro apresentou candidatura à federação do PS para “Garantir o Futuro” do Alto Alentejo

A imagem pode conter: 1 pessoa

Ricardo Pinheiro apresentou, esta sexta feira, a sua candidatura à federação do PS de Portalegre, com a convicção de que “o distrito está a viver um momento único nas ideocracias partidárias, com uma voz de respeitabilidade à escala nacional”.

Ricardo Pinheiro atribui este “momento” aos militantes socialistas do Alto Alentejo, que “nunca se cansaram e nunca desistiram de lutar”.

 

O candidato à liderança da federação do PS de Portalegre afirma que, à custa do Parido Socialista “hoje o Alto Alentejo consegue marcar uma presença e uma voz, não de autoridade mas de respeitabilidade, à escala nacional, dentro do maior grupo parlamentar da democracia portuguesa”.

Ricardo Pinheiro, que foi eleito deputado pelo círculo eleitoral de Portalegre, nas últimas eleições legislativas, disse ainda que este legado se deve muito ao atual presidente da federação e também deputado, Luís Moreira Testa.

Ricardo Pinheiro quer que a representação do PS cresça no distrito de Portalegre e sobretudo que seja capaz de dar sustento ao mote da sua candidatura “Garantir o Futuro”.

Para alcançar este desígnio, o socialista diz que é preciso transmitir conhecimento e preparar os jovens para que se tornem os próximos líderes da governação regional e nacional.

Na cerimónia, que decorreu na Escola de Hotelaria e Turismo de Portalegre, perante uma generosa plateia de militantes, Luís Testa, presidente da federação socialista nos últimos oito anos, traçou o panorama político do distrito de Portalegre para justificar que o PS é a única força política capaz de projetar o Alto Alentejo para o futuro.

Segundo Luís Testa, em Portalegre “o maior partido da oposição (PSD) desapareceu por completo, não está em combate pelo distrito e já nem sequer está em combate pelo poder”.

Já “o outro partido (PCP) que costumava ser, única e exclusivamente, um partido de protesto, hoje limita-se a ser o partido da constatação, constata que há quem lute pela barragem do Pisão, pelos caminhos de ferro e por melhor saúde, e limita-se a constatar e a aguardar”.

A eleição para a federação do PS de Portalegre está marcada para 13 de março. A candidatura de Ricardo Pinheiro tem Idalina Trindade, presidente da Câmara de Nisa, como mandatária.

(Carla Aguiã)