foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

alentejo2020

Coronavírus:ULSNA esclarece estar obrigada às regras emanadas pela DGS no que se refere às análises a casos suspeitos

A imagem pode conter: ar livre

(Por Gabriel Nunes) - A Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA) esclareceu hoje que “está obrigada às regras emanadas pela Direção Geral da Saúde no que se refere ao circuito a ser seguido pelas colheitas de análises efetuadas a casos suspeitos de infeção pela Covid-19.

 

Este esclarecimento vem na sequência da denúncia feita pelos Verdes, terça feira, de que os hospitais alentejanos, “não tendo meios para fazer as análises “in loco”, estavam, até ontem, dependentes, em caso de suspeita, de submeter o pedido para validação prévia das análises, através da Linha de Apoio ao Médico e só depois de obtida esta validação é que os médicos destes hospitais podiam proceder às análises e encaminhá-las para o Instituto Ricardo Jorge”.

Os Verdes alertaram que "a imagem de segurança e imunidade que tem sido transmitida do Alentejo pode não corresponder à verdade"

Em comunicado enviado à Rádio Portalegre o Conselho de Administração sublinha que “compete à ULSNA assegurar aos cidadãos que cumpre todos os protocolos estabelecidos de forma a garantir a segurança de todos”.

No mesmo documento a ULSNA assevera que os profissionais da instituição estão envolvidos a 100 por cento em tudo o que for possível fazer para a segurança das pessoas

A ULSNA deixa ainda “uma palavra de motivação a todos os profissionais de saúde que estão a dar o seu melhor neste combate que é de todos”.

A concluir a ULSNA apela à população que adote as medidas de segurança amplamente divulgadas: higiene das mãos, etiqueta respiratória e distanciamento social.