foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

alentejo2020

Crato:Novo centro de saúde deverá começar a funcionar no último trimestre deste ano

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, céu e ar livre

(Por Gabriel Nunes) - O novo centro de saúde do Crato, que implica um investimento de cerca de 700 mil euros, deverá começar a funcionar no último trimestre deste ano.

 

Em declarações à Rádio Portalegre, o presidente da Câmara do Crato, Joaquim Diogo assinalou que os prazos de execução da obra estão a ser cumpridos e não existem derrapagens orçamentais apesar da pandemia da Covid-19.

Joaquim Diogo esclareceu que o investimento na obra do novo equipamento é financiado em 85 por cento por fundos comunitários, e o restante dividido em partes iguais pela Câmara do Crato e Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA).

O autarca revelou ainda que a Câmara do Crato e a ULSNA vão submeter até ao final deste mês a candidatura do projeto da nova extensão de saúde de Gáfete, naquele concelho alentejano.

O novo equipamento, que tal como o centro de saúde do Crato, já estarão dotados de áreas de isolamento para tratamento de doentes com Covid-19 ou suspeitos de estarem infetados.

A nova extensão de saúde de Gáfete implica um investimento de 250 mil euros, financiado a 85 por cento por fundos comunitários, e o restante suportado em partes iguais pela ULSNA e Câmara do Crato.