foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

alentejo2020

Castelo de Vide: Equipas de apoio domiciliário na área da saúde mental disponíveis a partir de hoje no Alentejo

A criação das três primeiras equipas de apoio domiciliário do Alentejo na área da saúde mental foi formalizada este sábado, em Castelo de Vide, para abranger utentes deste concelho e dos de Marvão, Beja e Évora.

 

O Cineteatro Mouzinho da Silveira, em Castelo de Vide acolheu a cerimónia de assinatura de contratos para equipas de apoio domiciliário de cuidados continuados integrados de saúde mental no Alentejo, no âmbito das comemorações do Dia Mundial da Saúde Mental, celebrado a 10 de outubro.

Em declarações à Rádio Portalegre, o presidente da Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo, José Robalo, explicou que as parcerias realizadas com as instituições têm como objetivo “a criação de três equipas de Apoio Domiciliário, duas dirigidas a pessoas adultas e uma dirigida a crianças e adolescentes, que prestarão cuidados continuados integrados de saúde mental no domicílio de utentes com estas necessidades”.

José Robalo frisou ainda que estas respostas fazem parte da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados e constituem “as três primeiras experiências-piloto na área da saúde mental da região Alentejo”, sendo o próximo passo o alargamento desta resposta a outros concelhos do Alentejo.

Os contratos envolvem a ARS do Alentejo, o Instituto de Segurança Social, através dos Centros Distritais de Portalegre, Évora e Beja, e três Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), mais precisamente o Lar de S. Salvador da Aramenha (Marvão), a Associação de Amigos da Criança e da Família – “Chão dos Meninos” (Évora) e a Santa Casa da Misericórdia de Beja.

 

(Susana Mourato)