foto5.png

Serviço Educativo é a novidade da 11ª edição do Portalegre JazzFest

O Serviço Educativo é a novidade da edição deste ano do Portalegre JazzFest, com a introdução de um concerto comentado sobre jazz e blues destinado à comunidade escolar, bem como de “oficinas de música” para guitarra, voz e harmónica.

O Centro de Artes e Espetáculos de Portalegre (CAEP) será o palco principal do festival que arranca no dia 20 de março, com o trio de Mário Laginha, seguindo-se o trio “Fire!”, liderado pelo saxofonista sueco, Mats Gustafsson, e a fechar, no último dia, 22 de março, o quarteto norte americano, Lean Left.

Em declarações à Rádio Portalegre, o diretor artístico do Portalegre JazzFest, Joaquim Ribeiro, revelou que o orçamento da 11ª edição do festival ronda os 35 mil euros, financiado em 85 por cento através de fundos comunitários.

Uma feira de disco, especializada em jazz, e sessões de música no café-concerto do CAEP após os espetáculos no palco principal, são outras das iniciativas que vão marcar a edição deste ano do Portalegre JazzFest.

Gabriel Nunes/Susana Mourato

Na foto:Mário Laginha