foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 30 Anos ao Serviço da Região

Portalegre:Vereador António Landeiro diz que aumentos das taxas de resíduos sólidos e do saneamento "são mínimos"

O vereador da Câmara de Portalegre, António Landeiro, afirmou hoje que os aumentos das taxas de resíduos sólidos e do saneamento, aprovados em reunião do executivo pela maioria CLIP, “são mínimos”, e que "não há razão para grandes preocupações", por parte dos consumidores.

De acordo com o autarca, o aumento da taxa de resíduos sólidos é inferior a 1 por cento, enquanto no saneamento, o agravamento é de 6 por cento.

Estes aumentos foram contestados, segunda feira, pela CDU de Portalegre, que acusa a maioria CLIP, que governa o município, de “insensibilidade social” e de “não terem cumprido, até agora, uma só das suas promessas eleitorais”.

Num comunicado enviado, a CDU considera que “os portalegrenses não deveriam ser penalizados com mais estes aumentos e que a Câmara deveria aplicar o mesmo critério de não aumentar preços, que foi aplicado pelo Conselho de Administração dos Serviços Municipalizados, onde não há maioria absoluta”.

Perante estas críticas, o vereador António Landeiro respondeu que a autarquia “foi obrigada” a proceder aos aumentos em causa, uma vez que existia um desequilíbrio, desfavorável ao município, entre o que recebia dos consumidores e o que era cobrado à Câmara pela VALNOR, empresa responsável pela recolha e tratamento de resíduos sólidos urbanos.

Gabriel Nunes