foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 30 Anos ao Serviço da Região

Uma Rádio feita de passado, presente e futuro sempre a pensar em si

Campo Maior:ministro da Educação diz que ensino profissional e vocacional é" a arma para preparar jovens contra flagelo imenso que é o desemprego"

O ministro da Educação, Nuno Crato, afirmou hoje que o ensino profissional e vocacional é uma arma para preparar os jovens contra o flagelo imenso que é o desemprego”.

Contudo, Nuno Crato, que falava no lançamento da primeira pedra do novo Centro Escolar de Campo Maior, alertou que o ensino profissional e vocacional “só vive se os jovens tiverem a possibilidade de ter um contacto com o trabalho fora das escolas”.

Nesse sentido, o governante, conta com empresários, como Rui Nabeiro, para ajudar os jovens a sair das escolas mais bem preparados para a vida profissional.

O ministro da Educação admitiu ainda dar mais autonomia às escolas nos próximos anos, argumentado que a “liberdade” dada aos estabelecimentos de ensino tem contribuído para melhorar o ensino no país.

Nuno Crato sublinhou que essa autonomia tem permitido às escolas “gerir os currículos e horários, e decidir sobre o reforço a dar aos alunos de matérias ou atividades com planos curriculares adicionais”.

No entanto, o governante referiu que essa autonomia não funcionaria sem uma maior clareza nos resultados e na avaliação, e sem uma maior transparência e melhor prestação de contas perante a sociedade.

O ministro da Educação realçou também o esforço que o Governo está a fazer na construção de centros escolares e todo o país, afirmando que “Portugal está a entrar numa era em que as escolas têm melhores condições para acolher os jovens”.

Gabriel Nunes