foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 30 Anos ao Serviço da Região

Portalegre:USNA contra proposta do Governo em baixar indemnizações por despedimentos ilegais

O coordenador da União de Sindicatos do Norte Alentejano (USNA) Diogo Júlio, acusou hoje o Governo de querer fazer de Portugal um “pais de terceiro mundo”.

Diogo Júlio, falava à Rádio Portalegre sobre a proposta apresentada pelo Governo que pretende baixar o valor das indemnizações  por despedimentos ilegais.

A proposta passa por diminuir as indemnizações por despedimento ilegal, aproximando-as das compensações pagas por despedimentos dentro da lei.

Diogo Júlio reiterou que “o Governo pretende retirar todos os direitos aos trabalhadores, despedindo-os à boa maneira antiga e dizer-lhes que a porta da rua é serventia da casa”.

Atualmente, em caso de despedimento ilegal, o trabalhador recebe entre 15 a 45 dias por cada ano de trabalho, conforme a gravidade ou ilicitude do despedimento, um valor distante dos 12 dias pagos em caso de despedimento legal.

A proposta será discutida no decorrer da 12ª e última avaliação ao programa português.

Susana Mourato