foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 30 Anos ao Serviço da Região

Uma Rádio feita de passado, presente e futuro sempre a pensar em si

Elvas:autarca acusa Governo de pôr em causa classificação de Património Mundial - atualizada

O presidente da Câmara Municipal de Elvas, Rondão Almeida, acusou hoje o Governo de “pôr em causa” a classificação de Património Mundial da fortificação abaluartada daquela cidade alentejana, por “votar ao abandono” o Forte da Graça.

Em declarações à Rádio Portalegre, o autarca, explicou que “estando o Forte da Graça classificado com Património da Humanidade, a UNESCO exige às entidade proprietária (Ministério da Defesa) desse bem, que faça a sua conservação e se possível reutilização”.

Nesse sentido, Rondão Almeida, alerta que se nada for feito a classificação de Património Mundial pode ser retirada. Contudo, garante que a autarquia vai fazer tudo para que isso não aconteça.

O socialista criticou ainda o Governo por não aceitar a proposta da Câmara de Elvas, que se comprometia a assegurar a comparticipação nacional, numa eventual candidatura a fundos comunitários para reabilitar o Forte da Graça.

A classificação da fortificação de Elvas como Património da Humanidade, na categoria de bens culturais, ocorreu a 30 de junho de 2012, na 36.ª sessão do Comité do Património Mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO).

Gabriel Nunes/Carla Aguiã