foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 30 Anos ao Serviço da Região

Domingo, 19/5, mais uma Tarde Desportiva a partir das 16h00, com relato do jogo da supertaça Comendador Rui Nabeiro entre o Mosteirense e o Eléctrico, em Campo Maior

 

 

Fronteira:vila viaja até à Idade Média para celebrar 630 anos da Batalha dos Atoleiros

A vila alentejana de Fronteira vai fazer uma viagem no tempo até à Idade Média, entre sexta feira e domingo, por ocasião das comemorações dos 630 anos da Batalha dos Atoleiros.

Segundo o presidente da Câmara de Fronteira, Rogério Silva, o centro da vila vai ser o palco de uma feira medieval, que integra a recriação de uma torneio de armas a cavalo, um mercado de venda de escravos e a convocatória aos cavaleiros vilãos para a Batalha.

Música, dança, artes visuais, exposições e worhshops, são outros atrativos da feira medieval, na qual se inscreveram meia centena de expositores de vários pontos do país, com “bastante e diversificada oferta”.

Devido a condicionantes de ordem financeira o município optou por não fazer este ano a recriação histórica da Batalha dos Atoleiros, que passa a realizar-se de dois em dois anos.

O presidente da Câmara de Fronteira explicou que realizando apenas a feira medieval o investimento é de cerca de 25 mil euros, montante que sobe para perto de 100 mil euros se for feita a recriação histórica da Batalha.

Nesse sentido, e apesar de considerar a recriação histórica da Batalha dos Atoleiros, um “elemento importante” das comemorações, o autarca argumenta que neste momento de contenção é preciso “ter os pés bem assentes na terra”.

Do programa das comemorações dos 630 da Batalha dos Atoleiros destaque ainda para as cerimónias militares evocativas da efeméride agendadas para domingo na Avenida Heróis dos Atoleiros naquela vila alentejana.

Gabriel Nunes/Susana Mourato