foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 30 Anos ao Serviço da Região

Portalegre:agências funerárias contra proposta do Governo de abrir setor funerário às IPSS e misericórdias

As agências funerárias estão contra a intenção do Governo em abrir o setor funerário às IPSS e às misericórdias.

Atualmente apenas as agências funerárias e as mutualidades, mas estas últimas apenas para os seus associados, podem fazer funerais.

Em declarações a esta estação emissora, o proprietário da Agência Funerária Santos, em Portalegre, criticou a proposta do Governo, argumentando que “estamos perante um caso de concorrência desleal”, uma vez que as IPSS recebem financiamentos do Estado.

Segundo, José Santos, a confirmar-se a aprovação desta proposta, “vai prejudicar seriamente” atividade das agências funerárias.

O empresário referiu ainda que esta decisão contribuirá para o aumento do desemprego no setor.

Gabriel Nunes