foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 30 Anos ao Serviço da Região

Elvas:Afinal a montanha não pariu um rato e hospital de Santa Luzia pode voltar a receber utentes do distrito de Évora

Afinal a montanha não pariu um rato, e o hospital de Santa Luzia, em Elvas, pode voltar a receber utentes dos concelhos de Alandroal, Borba, Vila Viçosa e Estremoz, no distrito de Évora.

A decisão saiu de uma reunião, realizada segunda feira em Campo Maior, envolvendo autarcas de sete concelhos dos distritos de Évora e Portalegre, do presidente da Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo, José Robalo, da presidente da Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA), Dorinda Calha, e do Comendador Rui Nabeiro.

Em declarações aos jornalistas, o vereador da Câmara de Elvas com o pelouro da Saúde, Rondão Almeida, congratulou-se com o resultado da reunião, afirmando que “o dia 14 de abril é um data que vai marcar a história do hospital de Santa Luzia”.

O autarca anunciou ainda que a ARS Alentejo admitiu estudar a colocação dentro da Rede de Referenciação do hospital de Santa Luzia dos concelhos de Alandroal, Borba, Vila Viçosa e Estremoz", que atualmente estão incluídos na rede de Referenciação do Hospital do Espírito Santo, de Évora.

O acesso ao hospital de Santa Luzia, dos utentes dos concelhos de Alandroal, Borba, Vila Viçosa e Extremoz, desde há algum tempo que estava condicionado, mas o presidente da ARS Alentejo diz “não ter voltado atrás” com esta nova decisão.

Sobre eventuais alterações à rede de Referenciação do hospital de Santa Luzia, José Robalo, afirmou que, o que o pode “constranger” é que impeçam uma resposta satisfatória da unidade hospitalar às necessidades das pessoas do distrito de Portalegre.

 Gabriel Nunes/Elvasnews