foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

Alentejo2020

Portalegre:Diretor da ESE diz que "espírito de Abril encontra-se hoje sem a consolidação que os seus promotores mereciam que tivesse"

O diretor da Escola Superior de Educação de Portalegre (ESEP), Luís Cardoso, afirmou esta quarta feira, que “o espírito de Abril encontra-se hoje sem a consolidação que os seus promotores mereciam que tivesse”.

Luís Cardoso referiu ainda que “o ensino superior em Portugal não seria o mesmo sem a Revolução dos Cravos”, argumentando que “com Abril o país conheceu a esperança e a igualdade de oportunidades na Educação e conhecimento”.

O dirigente, falava hoje de manhã, na abertura de um seminário comemorativo dos 40 anos do 25 de Abril de 1974, promovido pela ESEP, e subordinado ao tema “Abril…(Re)evoluções”.

A importância do 25 de Abril para o Ensino Superior em Portugal foi sublinhada também pelo presidente do Instituto Politécnico de Portalegre.

Para Joaquim Mourato “a criação dos institutos politécnicos foi uma das maiores conquistas de Abril e da Democracia, que vieram alargar o acesso ao ensino superior no país”.

O dirigente referiu que foi com os politécnicos que o acesso ao ensino superior se deu de forma exponencial, considerando que “sem os politécnicos muitos não teriam oportunidade de prosseguir os estudos”.

 Gabriel Nunes/Susana Mourato