foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 30 Anos ao Serviço da Região

Portalegre:Duas dezenas de casas recuperadas pelo município na zona histórica vão começar a ser ocupadas por outras tantas famílias nos próximos dias

Duas dezenas de habitações recuperadas pela Câmara Municipal de Portalegre na zona histórica da cidade vão começar a ser ocupadas por outras tantas famílias nos próximos dias.

Em declarações à Rádio Portalegre, a presidente do município local, Adelaide Teixeira, explicou que as habitações, T0, T1 e T2, já se encontram distribuídas pelas famílias, que depois de assinarem os respetivos contratos com a autarquia, podem instalar-se definitivamente nas respetivas casas.

A autarca falava esta quarta feira, no âmbito de uma visita a Portalegre, do secretário de Estado do Ordenamento do Território e Conservação da Natureza, Miguel de Castro Neto.

Adelaide Teixeira anunciou ainda que o Instituto de Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU), aprovou o financiamento de 50 por cento das obras de reconstrução do edifício que ruiu, em abril de 2003, na Rua 5 de Outubro, provocando a morte a três pessoas.

De acordo com a autarca, o Programa InAlentejo comparticipará em 85 por cento os trabalhos executados até ao final de 2014, referentes à outra metade do investimento.

Os trabalhos, com um prazo de execução de 365 dias, deverão arrancar no princípio do segundo semestre deste ano.

A estratégia de revitalização do centro histórico de Portalegre operada pelo município foi elogiada pelo secretário de Estado do Ordenamento do Território e Conservação da Natureza, que avaliou o trabalho como “muito positivo”.

Miguel de Castro Neto afirmou ainda que o que está a ser feito em Portalegre vai ao encontro da aposta do Governo na dinamização e revitalização dos centros históricos.

Gabriel Nunes