foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 30 Anos ao Serviço da Região

Instituto Politécnico de Portalegre não vai aumentar o valor das propinas pelo terceiro ano consecutivo

O Instituto Politécnico de Portalegre (IPP) não vai aumentar o valor das propinas no próximo ano letivo, mantendo o mesmo preço pelo terceiro ano consecutivo.

Em declarações à Rádio Portalegre, o presidente do IPP, Joaquim Mourato, revelou ainda que a instituição decidiu introduzir pela primeira vez uma diferenciação para os agregados familiares com mais do que um elemento a frequentar o ensino superior.

Joaquim Mourato explicou o primeiro elemento do agregado familiar paga a propina normal, no valor de 900 euros, enquanto ao outro ou aos outros a frequentar a instituição será cobra a propina mínima no montante de 500 euros.

Gabriel Nunes