foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 30 Anos ao Serviço da Região

Rebuçados de ovos de Portalegre de Natália Sardinha conquistam Medalha de Ouro em concurso nacional de doçaria conventual

São uma verdadeira tentação e híper calóricos, os rebuçados de ovo de Portalegre, feitos pelas mãos da doceira Natália Sardinha, conquistaram a Medalha de Ouro no Concursos Nacional de Doçaria Conventual Portuguesa, realizado recentemente em Santarém.

A receita original dos rebuçados de ovo de Portalegre surgiu nos Conventos do Alto Alentejo, há mais de três séculos, e tem sido preservada como se de um tesouro se tratasse.

Natália Sardinha, “surpreendida pela positiva” com a Medalha de Ouro atribuída aos seus rebuçados de ovo, revelou que a receita lhe foi passada há cerca de quarenta anos por uma freira do Paço Episcopal de Portalegre.

A doceira portalegrense contou que antes de se aposentar fazia os rebuçados de ovo apenas para festas de familiares e amigos.

Já reformada, e a pedido dos filhos, começou a dedicar mais tempo à confeção dos rebuçados de ovo, que passaram a integrar o lote de produtos comercializados numa loja, propriedade dos seus descendentes, na Rua do Comércio, em Portalegre.

Atualmente, e como as solicitações são tantas e oriundas de vários pontos do país, Natália Sardinha, dedica-se praticamente a tempo inteiro à confeção de rebuçados de ovo.

Natália Sardinha sublinhou que os rebuçados de ovo de Portalegre continuam fiéis às suas origens artesanais, e que são melhores e mais genuínos”, que se fazem no país.

Gabriel Nunes/Susana Mourato

 

(Natália Sardinha - Doceira)