foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

alentejo2020

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Este domingo, 15/12, ouça mais uma Tarde Desportiva a partir das 14h. Destaque para a 4ª j. Taça Grupo JI

Boas Festas - Feliz Natal

Incêndio/Pé da Serra:área devastada pelas chamas deverá ser superior aos 407 hectares ardidos desde o dia 1 de janeiro no Alto Alentejo

O Comandante Operacional Distrital de Portalegre, Luís Belo Costa, admitiu hoje que a área consumida pelo incêndio que eclodiu, segunda feira, em Pé da Serra, Nisa, possa ser superior aos 407 hectares devastados pelos fogos no Alto Alentejo desde o dia 01 de janeiro deste ano.

O fogo que deflagrou, ontem, cerca das 15:00, chegou a ter duas frentes ativas e foi dominado pelos bombeiros por volta das 04:00, sendo que as operações de rescaldo foram iniciadas às 06:00.

Em declarações a esta estação emissora, Belo Costa, revelou que as maiores dificuldades que os bombeiros enfrentaram para debelar as chamas foram o “vento forte” e os “acessos difíceis”.

O mesmo responsável referiu que as chamas ameaçaram a aldeia de Montalvão, destruindo vários anexos e barracões agrícolas, não havendo a registar a perda de casas utilizadas como primeira habitação.

O fogo chegou a ser combatido por 320 bombeiros auxiliados por mais de 100 viaturas, e três helicópteros e dois aviões bombardeiros.

O outro incêndio que, ontem à tarde, tinha deflagrado no Alto Alentejo, em Vale da Madeira, concelho de Gavião, entrou em fase de rescaldo cerca das 22:00.

Gabriel Nunes

 

 

 

(Luís Belo Costa - Comandante Operacional Distrital de Portalegre)