foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

Alentejo2020

Portalegre:candidato do PS à Câmara Municipal defende maior participação popular na elaboração dos projetos públicos

O candidato do PS à Câmara de Portalegre nas próximas eleições autárquicas defendeu uma maior participação popular na elaboração dos projetos públicos, para se evitarem “erros” como os que foram cometidos na execução do programa Polis na cidade.

Para Pinto Leite, que falava quarta feira à noite, no âmbito da conferência “Portalegre, a Cidade e o Território: Regeneração Local e o Papel Regional”, se tivesse havido uma maior participação pública na execução do Polis, “os cidadãos não teriam deixado” concretizar as remodelações operadas nos jardins do Tarro e da Corredoura.

O socialista deu ainda como exemplo “negativo” da falta de participação pública, o PDM (Plano Diretor Municipal) de Portalegre de 2007, argumentando que o instrumento “revolucionou a cidade no mau sentido, porque a estendeu sem reabilitar o centro histórico e os bairros antigos”.

Gabriel Nunes/Carla Aguiã