foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 30 Anos ao Serviço da Região

Crato:Manuela Cunha diz que municipalização da educação é um passo para a "destruição" da escola pública

A cabeça de lista da CDU por Portalegre às legislativas de outubro, Manuela Cunha, criticou duramente o processo de municipalização da educação, argumentando que pode ser um passo para “a destruição da Escola Pública”.

Manuela Cunha falava hoje à Radio Portalegre depois de uma visita ao Crato, um dos dois municípios do distrito de Portalegre, que celebraram contratos interadmnistrativos de delegação de competências na área da Educação com o Governo.

A dirigente do PEV disse ainda que os contratos em causa “violam muitas leis, nomeadamente laborais”, pelo facto dos professores passarem a ser chefiados pelas autarquias quando o seu vínculo laboral é com o Ministério da Educação.

Acusando os sucessivos governos do PSD e do PS de “sacudirem o capote das responsabilidades do Estado para as autarquias sem transferirem os meios adequados”, Manuela Cunha referiu ainda que se a municipalização da Educação fosse tão boa como é apregoado por alguns não tinham aderido apenas 15 municípios.

No distrito de Portalegre, das quinze autarquias, apenas Crato e Sousel aceitaram a delegação de competências na área da Educação.

Gabriel Nunes