foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

Alentejo2020

Portalegre:furtos de géneros alimentícios são "reduzidos" e não registam aumento - GNR

Os furtos de géneros alimentícios, como animais de capoeira ou fruta, registados no Alto Alentejo nos primeiros meses de 2013, são “reduzidos” e em número semelhante ao período homólogo do ano passado.

Segundo o capitão João Janeiro não houve nenhum aumento deste tipo de criminalidade no distrito de Portalegre apesar da crise instalada no país.

“A escala é tão reduzida que não é possível estabelecer um nexo de causalidade entre este tipo de crimes e a crise”, frisou.

O militar da GNR de Portalegre revelou ainda que os pequenos furtos de géneros alimentícios ocorrem sobretudo nas aldeias e em montes isolados.

Gabriel Nunes