foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 30 Anos ao Serviço da Região

Gala 30 anos da Rádio Portalegre dia 31 de Outubro no CAE de Portalegre - esteja atento às emissões da sua Rádio

Portalegre foi o sexto distrito do país onde a criminalidade violenta e grave mais aumentou em 2012

Portalegre foi o sexto distrito do país onde a criminalidade violenta e grave aumentou mais em 2012, revela o mais recente Relatório Anual de Segurança Interna (RASI), que aponta para um aumento generalizado deste tipo de criminalidade no interior do país.

Segundo o documento, que compara os dados de 2012 com 2011, Guarda e Castelo Branco foram os distritos onde a criminalidade violenta e grave mais subiu, com 43,8 por cento e 32,4 por cento, respetivamente.

Este tipo de criminalidade aumentou também de forma significativa, no ano passado, nos distritos de Leiria (18,2 por cento), Coimbra (15,7 por cento), e Portalegre com mais 15,1 por cento.

O arquipélago dos Açores com (9,8 por cento) e os distritos de Santarém e Viseu, respetivamente com mais 3,2 por cento e 3 por cento, foram outras das zonas onde a criminalidade violenta e grave aumentou no ano transato.

O secretário-geral do Sistema de Segurança Interna, Antero Luís, atribui o aumento da criminalidade no interior do país à “mobilidade”, à “facilidade de deslocação”, e ao facto da população ser “frágil e idosa”.

O Relatório Anual de Segurança Interna, referente ao ano de 2012, assinala que Lisboa com menos 12,5 por cento, Porto (menos 0,06 por cento) e Setúbal (menos 15,8 por cento), concentram, no seu conjunto, 71 por cento da criminalidade violenta e grave, apesar da descida verificada.

No geral, a criminalidade violenta e grave desceu, no ano passado, 7,8 por cento face a 2011.