foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 30 Anos ao Serviço da Região

Real e Politico:social democrata António Franco defende que a presidente da Câmara de Portalegre, eleita pelo PSD, deve pedir suspensão do mandato

FotoO social democrata, António Franco, defende que a presidente da Câmara de Portalegre, Adelaide Teixeira, deve pedir a suspensão do mandato, depois de ter anunciado que vai avançar com uma candidatura independente nas autárquicas deste ano.

António Franco, que falava terça feira, na qualidade de comentador politico, no programa “Real e Politico” da Rádio Portalegre, alegou que a autarca foi eleita nas listas do PSD e que “ao avançar como independente sai dessa condição”.  

A ideia defendida pelo social democrata, António Franco, não é aprovada pelos restantes comentadores políticos, a começar pelo comunista, Fernando Carmosino, que considera que, se Adelaide Teixeira tivesse que abandonar a presidência, “devia tê-lo feito na altura em que o ex. presidente do município, Mata Cáceres, renunciou ao cargo”.

O democrata cristão, Sérgio Campos, é da opinião que a presidente da Câmara de Portalegre “deve cumprir o mandato até ao fim”, já que teve “coragem” para assumir a presidência da autarquia quando Mata Cáceres abandonou o cargo.

O bloquista, Paulo Cardoso, segue a linha de raciocínio dos comentadores políticos do PCP e do CDS-PP, considerando que “não faz sentido” Adelaide Teixeira abandonar o cargo a poucos meses do final do mandato.

O assunto da suspensão do mandato, por parte da presidente da Câmara de Portalegre, foi colocado em segundo plano pelo socialista Miguel Monteiro.

O comentador político preferiu opinar sobre o que levou Adelaide Teixeira a avançar com uma candidatura independente, considerando que a autarca só o fez porque a estrutura local do PSD lhe “retirou o tapete de baixo dos pés”.

Miguel Monteiro diz ainda que “é tarde para a presidente da Câmara de Portalegre descolar o autocolante do PSD e vir agitar a bandeira da independência”.

Gabriel Nunes

Na foto:António Franco