foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 30 Anos ao Serviço da Região

Autárquicas:comentador Marcelo Rebelo de Sousa dá "alfinetada" na candidatura independente da presidente da Câmara de Portalegre

O comentador Marcelo Rebelo de Sousa deu uma “alfinetada” na candidatura independente da presidente da Câmara de Portalegre, Adelaide Teixeira, eleita pelo PSD, às autárquicas deste ano, afirmando que “é incompreensível que pessoas sem militância partidária promovam ou apoiem candidaturas contra as candidaturas partidárias”.

Marcelo Rebelo de Sousa falava, segunda feira, no Museu de Tapeçarias Guy Fino, em Portalegre, durante a apresentação do médico Jaime Azedo como candidato do PSD ao município nas eleições autárquicas deste ano.

Durante a apresentação do candidato, onde foi também anunciado que o secretário-geral do PSD, José Manuel Matos Rosa, será o candidato à Assembleia Municipal de Portalegre, Marcelo Rebelo de Sousa, considerou que Jaime Azedo, tem o que é fundamental para um presidente de Câmara, que é “a qualidade humana”.

O candidato social democrata, que foi presidente da Assembleia Municipal de Portalegre durante dois mandatos, entre 2001 e 2009, sob a presidência de Mata Cáceres, eleito pelo PSD, fez “mea culpa”, admitindo que “a cidade de Portalegre vive há décadas sem uma estratégia clara e sem saber para onde ir”

Jaime Azedo referiu que Portalegre nas últimas décadas “perdeu indústrias, não reforçou sinergias com os concelhos de Marvão e Castelo de Vide no setor turístico e não foi capaz de reagir às contrariedades e ameaças”.

Contrariando o que nos últimos anos tem sido defendido por associações empresariais, partidos políticos ou forças vivas, o candidato social democrata, congratulou-se pelo facto de Portalegre ser a única capital de distrito do país que não está ligada à rede nacional de autoestradas, considerando que isso é uma mais valia para “observar a paisagem”.

O candidato do PSD à presidência da Câmara de Portalegre, de 64 anos de idade, exerceu o cargo de presidente do conselho de administração do Hospital Distrital de Portalegre, em janeiro de 1994, acumulando as funções de diretor clínico até fevereiro de 1996, exercendo, atualmente, o cargo de presidente do Conselho Distrital de Portalegre da Ordem dos Médicos.

Gabriel Nunes