foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 30 Anos ao Serviço da Região

Educação/Ponte de sôr: Sindicato acusa autarquia de aceitar “levianamente” a agregação de escolas

O Sindicato de Professores da Zona Sul (SPZS) acusou, hoje, a Câmara de Ponte de Sôr de “levianamente” aceitar a proposta da Direção Regional de Educação do Alentejo para a criação de um mega-agrupamento para todo o concelho.

Em declarações à RP, Ana Luisa Pinheiro do SPZS, afirmou que a autarquia “não mediu bem as consequências” da agregação de escolas naquele concelho alentejano e criticou ainda o fato da população não ter sido consultada nesta matéria.

Segundo a sindicalista, o mega-agrupamento de Ponte de Sôr implica a liquidação do agrupamento rural de Montargil e põe em causa o futuro do território educativo de intervenção prioritária.

Para dar a conhecer a questão da agregação de escolas no concelho de Ponte de Sôr o SPZS promoveu uma conferência de imprensa, esta segunda-feira, à porta da Escola Secundária de Ponte de Sôr.

Carla Aguiã