foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 30 Anos ao Serviço da Região

Uma Rádio feita de passado, presente e futuro sempre a pensar em si

Batalha das Linhas de Elvas evocada esta segunda feira

Os 354 anos da Batalha das Linhas de Elvas, uma das mais importantes da Guerra da Restauração, são comemorados segunda feira na cidade alentejana com uma cerimónia militar e romagem ao padrão evocativo, durante a manhã.

O programa comemorativo, organizado pela Câmara Municipal de Elvas, prolonga-se até ao final de janeiro com várias atividades culturais e desportivas.

No dia 19 de janeiro, pelas 16:30, no Museu de Arte Contemporânea de Elvas (MACE), com o lançamento do novo livro com obras da Coleção António Cachola do MACE, que conta com a presença do crítico nacional de arte Delfim Sardo.

Ainda neste dia, pelas 21:30 há “Fado e Poesia”, no Cine-Teatro Municipal, com o quarteto Deolinda de Jesus (voz), Jorge Pimentel (guitarra portuguesa), Carlos Sequeira (viola) e Filipe Martins (contrabaixo) e leitura de poemas do livro “Todos os Afetos” por José-António Chocolate.

Entre 19 e 27 de janeiro, decorre nos restaurantes do concelho a Semana Gastronómica do Porco cuja abertura está marcada para dia 19 na Cafetaria do Museu de Arte Contemporânea de Elvas.

A 20 de janeiro, domingo, decorre mais uma edição da Corrida das Linhas de Elvas. A partida acontece, no Sítio dos Murtais e a chegada no Estádio Municipal de Atletismo.

Segunda-feira, 21 de janeiro, pelas 18:00, na Biblioteca Municipal de Elvas, acontece o lançamento da 8ª edição da Revista Internacional de Cultura e Ciência “Elvas-Caia”.

No dia 25 de janeiro, sexta-feira, às 19:00, realiza-se no Auditório São Mateus o III Encontro Transfronteiriço Poético-Musical, organizado pela Associação para o Desenvolvimento da Eurocidade Badajoz Elvas.

O lançamento do livro “História de Deus”, de Helena Miranda, da Edições Vieira da Silva, está marcado para dia 26, sábado, a partir das 16:00, na sala polivalente da Biblioteca Municipal de Elvas. Neste dia, às 21:30 horas, no Cine-Teatro Municipal, a proposta da Câmara Municipal é o concerto de “Jorge Roque e Pedro Zagalo – Uma Voz, um Piano”, com a participação do Coro e Orquestra da Academia de Música de Elvas.

No domingo, dia 27, pelas 21:30 há espetáculo interativo, no Cine-Teatro Municipal, com o mote “Elvas, Raia, Alentejo – Fotografias com Som”.

No mês de janeiro, ainda no âmbito das comemorações dos 354 anos da Batalha das Linhas de Elvas e simultaneamente da classificação como Património Mundial e 500 anos de elevação a Cidade, é lançado o “I Concurso de Fotografia – Elvas Património Mundial”.

Apontada como uma das mais importantes da Guerra da Restauração, a Batalha das Linhas de Elvas ocorreu a 14 de janeiro de 1659, nos arredores de Elvas, e foi considerada a primeira grande vitória militar dos portugueses sobre os castelhanos na Restauração de Portugal.

Em dezembro de 1658, um exército espanhol com vinte mil homens, comandado por D. Luís de Haro, cercou a praça de Elvas defendida pelo seu governador, D. Sancho Manuel de Vilhena.

O governador de Elvas, ao ver que aquela praça estava em perigo, pediu socorros urgentes e, a 11 de janeiro de 1659, o Conde de Cantanhede, D. António Luís de Meneses, reuniu em Estremoz um exército de socorro, que saiu da localidade levando como mestre de campo o general André de Albuquerque Riba-Fria.

O exército saído de Estremoz ocupou posições perto de Elvas e no dia 14 atacou os soldados e as fortificações espanholas contribuindo para a vitória na batalha.

Gabriel Nunes