foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

 Rádio Portalegre A Mais Ouvida do Alentejo - 30 Anos ao Serviço da Região

Portalegre:Padre Marcelino Marques critica suspensão do feriado nacional do Corpo de Deus

O Pároco da freguesia da Sé, em Portalegre, criticou hoje a suspensão do feriado do Corpo de Deus, argumentando que “o Estado ao tentar encontrar soluções para esta crise económica pode estar a criar outro tipo de crises”.

Este ano, e pela primeira vez, o dia do Corpo de Deus, não será feriado em Portugal, empurrando as celebrações religiosas de quinta feira para domingo, na sequência da decisão do Governo de o suspender durante cinco anos.

Em declarações à Rádio Portalegre, o padre Marcelino Marques, referiu que “os feriados não são meros dias de descanso”, considerando que “servem para aproximar pessoas que estavam nas suas aldeias e que emigraram para outras paragens e que aproveitavam estas tradições religiosas para regressar às suas origens”.

Para o pároco “não é com mais um ou menos um dia de trabalho que se resolvem os problemas do país”, alertando que “mais tarde ou mais cedo aspetos que são fundamentais para a boa convivência humana e cristã podem deixar de ter tanto peso quando se pensa em coisas mais efémeras”.

As festividades do dia de Corpo de Deus, que este ano, se assinala esta quinta feira, dia 30 de maio, passam para o próximo domingo, dia 02 de junho.

Apesar desta mudança, Marcelino Marques, assegurou que a Igreja vai procurar que as celebrações do Corpo de Deus tenham a mesma “dignidade e solenidade”.

O dia do Corpo de Deus será assinalado, domingo, em Portalegre, com uma concelebração eucarística, com início agendado para as 17:00, na Sé Catedral, local de onde, uma hora mais tarde, sairá a tradicional procissão, que terminará na Igreja de São Lourenço.

Gabriel Nunes