foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

Rádio Portalegre - A Mais Ouvida do Alentejo

28 ANOS DE RÁDIO SEMPRE AO SEU LADO - WWW.RADIOPORTALEGRE.PT

Mais de 100 mil pessoas passaram pelo Festival do Crato que fechou sábado com a banda rock Eagles of Death Metal a levar ao delírio uma plateia lotada

Foto de Rádio Portalegre.

(Por Gabriel Nunes) - Mais de 100 mil pessoas passaram pela edição de 2017 do Festival do Crato que fechou, este sábado, com a banda rock Eagles of Death Metal a levar ao delírio uma plateia que lotou o recinto instalado no Campo 1º de Maio, no centro daquela vila alentejana.

 

Em entrevista à Rádio Portalegre, o presidente da Câmara do Crato, José Correia da Luz, que em outubro não se recandidata à presidência daquele município, disse não acreditar que a futura administração local, seja de que cor partidária for, venha a dispensar do plano de atividades, o Festival do Crato, que considerou a “peça mais rica” do seu programa cultural.

Apesar do sucesso que o Festival do Crato tem granjeado ano após ano, Correia da Luz, defende que “é necessário introduzir mudanças no certame de forma a responder aos novos públicos”.

O autarca socialista, que nas eleições de outubro é candidato à presidência da Câmara de Portalegre, mostrou-se ainda “emocionado”, depois de 16 anos à frente da organização do Festival do Crato. Correia da Luz admitiu que o festival deixa saudade, mas asseverou que “vai viver bem” com esse sentimento.

O Festival do Crato assumiu esta designação em 2010. Desde 1984 e até esse ano era chamado de Feira de Artesanato e Gastronomia.

O artesanato e a gastronomia continuam a ser dois vetores importantes e formam com a música uma trilogia de “sucesso” que todos os anos atrai largos milhares de pessoas.