foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

alentejo2020

Portalegre: Projeto Alentejo Empreender + ajudou a criar o triplo das microempresas previstas (c/som)

Foto de Rádio Portalegre.

(Por Gabriel Nunes/Luís Filipe Alves) - O Alentejo Empreender + ajudou a criar 93 microempresas, praticamente o triplo das ideias de negócio que os promotores do projeto previam apoiar, em concelhos pertencentes às zonas do Alentejo e Lezíria do Tejo. 

Em declarações aos jornalistas, o presidente do Núcleo Empresarial da Região de Portalegre (NERPOR), Jorge Pais, admitiu que as espectativas que estavam traçadas para esta ação “foram largamente superadas”.

 

Jorge Pais, que falava, em Portalegre, em conferência de imprensa, para fazer o balanço do Alentejo Empreender +, disse que o sucesso do mesmo assume ainda uma maior importância por estarmos numa região com um tecido empresarial de grande fragilidade.

(Jorge Pais, presidente da NERPOR) 

 

O dirigente revelou ainda que as ideias de negócio apoiadas foram em número semelhante em cada uma das zonas abrangidas pelo projeto, sendo que em termos de setores de atividade o de maior predominância foi o agroalimentar.

 

(Jorge Pais, presidente da NERPOR)

 

O projeto Alentejo Empreender +, desenvolvido pelas associações empresariais de Portalegre, Évora, Beja e Santarém, com uma dotação de quase 310 mil euros, começou em setembro de 2015 e fecha a 31 de agosto.