foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

alentejo2020

Castelo de Vide: Mercado Medieval deverá realizar-se pela última vez, no centro histórico (c/som)

Foto de Isa Pinheiro.

O Mercado Medieval de Castelo de Vide deverá realizar-se pela última vez, este ano, no centro histórico daquela vila alentejana. Em declarações à Rádio Portalegre, o presidente da Câmara de Castelo de Vide, António Pita adiantou que o Forte de São Roque poderá vir a ser o novo local para a realização do Mercado Medieval.

 

O autarca acredita que o “forte de São Roque reúne todas as condições para o Mercado Medieval poder crescer ainda mais”.

Em dia de inauguração da edição 2017 do Mercado Medieval de Castelo de Vide, António Pita sublinhou que o certame “é um evento consolidado na região” que pretende celebrar a memória e ser diferente dos outros, dando como exemplo a luta entre duas criaturas de fogo, um gigante e um dragão, como uma das principais novidades e maiores atrações do evento.

(Presidente da Câmara de Castelo de Vide, António Pita)

(Presidente da Câmara de Castelo de Vide, António Pita)

O autarca, fez ainda questão de sublinhar que parte do sucesso do Mercado Medieval se deve ao facto de ser organizada pela autarquia, que gasta cerca de 40 mil euros, elogiando os funcionários que trabalham com dedicação para que o certame seja um sucesso.

(Presidente da Câmara de Castelo de Vide, António Pita)

O Mercado Medieval de Castelo de Vide conta com cerca de duas centenas de expositores, da região mas também de outros pontos do país, como Abrantes, Oliveira de Azeméis ou Coimbra que veem no certame montra para divulgar e vender os seus produtos.

 

(Declarações de vendedores no Mercado Medieval de Castelo de Vide)

O espírito medieval chegou à vila de Castelo de Vide na quinta-feira e vai manter-se até ao domingo.  

(Susana Mourato/Isa Pinheiro)