foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

alentejo2020

Cidade de Portalegre vai ser "invadida" por mais de 600 militares (c/som)

Foto de Rádio Portalegre.

Mais de 600 militares vão “invadir” a cidade de Portalegre no próximo sábado. Tratam-se das comemorações do 12º aniversário da Brigada de Reação Rápida (BrigRR), constituída por tropas especiais, comandos e paraquedistas.

Em conferência de imprensa para a apresentação das comemorações, o Coronel Tirocinado Fonseca Lopes lembrou que há praticamente quatro décadas que Portalegre não recebia um evento militar desta envergadura.

Fonseca Lopes disse ainda que a escolha de Portalegre deve-se à forte tradição militar que a cidade tem. Recordando que “há 100 anos, em plena Guerra Mundial, saiu de Portalegre o Batalhão de Infantaria 22 para combater na Flandres”.

A presidente da Câmara Municipal de Portalegre, Adelaide Teixeira, por seu turno, olha para estas comemorações como uma tentativa de “reavivar a memória da tradição militar de Portalegre”, para que o passado não passe ao esquecimento.

As comemorações do 12º aniversário da Brigada de Reação Rápida vão ter o ponto alto, sábado, a partir das 10:00, no Estádio Municipal de Portalegre, com a realização das cerimónias militares, que serão presididas pelo Chefe de Estado-Maior do Exército, General Frederico José Rovisco Duarte.

Uma exposição de Material Militar, junto ao Pavilhão Municipal de Portalegre, com inauguração, esta sexta feira, às 14:00, e um concerto com a Orquestra Ligeira do Exército, às 21:30, no Centro de Artes do Espetáculo, são outras das atividades das celebrações.

(Coronel Fonseca Lopes, Comandante da Brigada de Reação Rápida)

 

(Adelaide Teixeira, presidente da Câmara Municipal de Portalegre)