foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

Rádio Portalegre - A Mais Ouvida do Alentejo

A RÁDIO QUE ESTÁ SEMPRE AO SEU LADO - WWW.RADIOPORTALEGRE.PT

Autárquicas:Portalegre reelege independente Adelaide Teixeira (CLIP). PS fica com mais de metade das câmaras do Alto Alentejo

Foto de Rádio Portalegre.

Adelaide Teixeira foi reeleita para um segundo mandato como presidente da Câmara Municipal de Portalegre. A Candidatura Livre e Independente por Portalegre (CLIP) venceu as eleições autárquicas de 2017 com 31,60% dos votos.

 

A segunda força politica mais votada foi o PS com (28,89%) por cento; a CDU ficou em terceiro, com um total de 18,22%; com 13,15 % dos votos o PSD foi quarto; o CDS conquistou 4,21 % do eleitorado e o BE 0,93.

O CLIP venceu as freguesias de Ribeira de Nisa e Carreiras; Alegrete e Reguengo e São Julião, enquanto o PS ganhou na União de freguesias da Sé e São Lourenço; Urra e Alagoa e o PSD nos Fortios.

Em Arronches a social-democrata Fermelinda Carvalho foi reeleita com maioria absoluta. A candidata do PSD arrecadou 62,25 % dos votos.

Avis mantem Nuno Silva como presidente. O candidato da CDU alcançou a maioria absoluta (61,44%).

No Crato o candidato do PS, Joaquim Diogo, venceu com maioria relativa obtendo 43,06 % dos votos.

Em Gavião José Pio com 63,99% dos votos e consequente maioria absoluta, conseguiu um segundo mandato para o PS.

 

Em Alter do Chão, Francisco Reis, pelo PS, roubou a Câmara ao PSD, conquistando a maioria absoluta, com 47,17% dos votos.

Gonçalo Lagem da CDU também voltou a conquistar Monforte com maioria absoluta (61,50%).

O PS mantem a câmara de Ponte de Sôr, Hugo Hilário, com uma maioria absoluta de 68,26 % dos votos foi reeleito para um segundo mandato.

O PS conquistou ainda as Câmaras de Elvas; Nisa, Sousel, e Campo Maior, todas com maioria absoluta.

Em Elvas o socialista Nuno Mocinha foi reeleito com maioria (48,93%), em Nisa Idalina Trindade venceu 50,44% dos votos, em Sousel Manuel Valério roubou a câmara ao PSD com um score de 61,16% e em Campo Maior o vencedor Ricardo Pinheiro teve 65 por cento.

O PSD venceu também em Castelo de Vide e Fronteira, com maioria absoluta, enquanto em Marvão o social-democrata Luís Vitorino segurou a câmara com maioria relativa.

Em Castelo de Vide António Pita arrecadou 57,05%, em Fronteira Rogério Silva conquistou 56,87% e Em Marvão Luís Vitorino foi eleito com 32,43% dos votos.