foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

alentejo2020

Progressões na função pública vão ser desbloqueadas, mas sindicato não concorda com proposta do Governo

Foto de Rádio Portalegre.

O coordenador distrital do Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Sul, Daniel Reguengo disse hoje não concordar com as propostas do Governo de descongelamento das progressões na carreira da função pública, e promete “novas formas de luta” se não forem ouvidos.

 

O Governo vai descongelar as progressões e promoções aos funcionários públicos que reuniram condições para o efeito durante os últimos sete anos, mas o pagamento será feito por fases, segundo a proposta enviada aos sindicatos que será discutida hoje.

À Rádio Portalegre, Daniel Reguengo afirmou ainda que “os trabalhadores não podem aceitar estas propostas tal como estão”, e não descarta a hipótese de greve.

(Susana Mourato)