foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

Rádio Portalegre - A Mais Ouvida do Alentejo

A RÁDIO QUE ESTÁ SEMPRE AO SEU LADO - WWW.RADIOPORTALEGRE.PT

Seca:Disponibilidades hídricas das albufeiras geram apreensão

Foto de Rádio Portalegre.(Por Gabriel Nunes) - A albufeira do Maranhão, em Avis, encontra-se a apenas 25 por cento da sua capacidade máxima de armazenamento, enquanto a disponibilidade hídrica da de Montargil, em Ponte de Sor, é de 40 por cento do volume total.

Em declarações à Rádio Portalegre, o porta voz da Associação de Regantes do Vale do Sorraia, José Núncio, admitiu estar “apreensivo”, mas ainda assim disse que a situação “não é preocupante”.

José Núncio explicou que pelo facto de ter chovido pouco no último inverno era expectável que os níveis de armazenamento das albufeiras estivessem como estão.

O mesmo responsável revelou que as reservas atuais das duas albufeiras só dariam para 40 por cento da próxima campanha de rega, mas disse acreditar que vai chover e que a situação vai normalizar.

 

O volume máximo da albufeira de Montargil é de 164 milhões de metros cúbicos de água (capacidade útil 142,7 milhões) enquanto a capacidade de armazenamento total da do Maranhão é de 205 milhões de metros cúbicos (capacidade útil 181 milhões).

Atualmente a albufeira do Maranhão tem cerca de 48 milhões de metros cúbicos de água e a de Montargil 70 milhões.

Mais grave é a situação da albufeira do Caia, que há mais de 40 anos não tinha tão pouca água.  A maior albufeira do distrito de Portalegre tem capacidade para armazenar 203 milhões de metros cúbicos de água, (capacidade útil 192 milhões) mas só tem cerca de 35 milhões. 

Em declarações à Rádio Portalegre, o gestor da Associação de Beneficiários do Caia, Aristides Chinita, revelou que a falta de precipitação obriga a antecipar para o dia 16 de outubro o encerramento da campanha de rega e a cancelar o fornecimento para as culturas de outono/inverno.

Apesar da capacidade de armazenamento da albufeira se encontrar muito baixa, Aristides Chinita, indicou que o abastecimento de água às populações servidas pela albufeira está assegurado para os próximos 3 anos.

A albufeira do Caia serve os concelhos de Elvas, Campo Maior, Arronches e Monforte.