foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 Rádio Portalegre a Sua Rádio 

Rádio Portalegre a Mais Ouvida do Alentejo


 

Portalegre: Olival intensivo ameaça sustentabilidade do território – Quercus

Foto de Rádio Portalegre.

A Quercus quer travar a expansão do olival intensivo, que “já atingiu o limite no Alto Alentejo”. Segundo a associação ambientalista, o Estado deve tomar uma posição firme para travar esta cultura e garantir a sustentabilidade do território.

Em declarações à rádio Portalegre o presidente do núcleo regional de Portalegre da Quercus, Nuno Sequeira, diz que este tipo de culturas afeta sobretudo os concelhos de Avis, Fronteira, Campo Maior e Elvas, com áreas que chegam a ultrapassar os dois mil hectares.

 

Segundo Nuno Sequeira, o olival intensivo continua a expandir-se provocando o esgotamento do solo e a contaminação dos recursos hídricos, situação que tenderá a agravar-se com a seca.

O dirigente ambientalista falava à rádio Portalegre no âmbito da ação nacional denominada “12 meses / 12 iniciativas”, que arrancou, esta quarta-feira, em Portalegre.

Esta ação, que se vai desenvolver ao longo dos 12 meses do ano de 2018, pretende chamar a atenção para 12 problemas ambientais que ocorrem em território nacional.

O problema ambiental em destaque, no mês de janeiro, situa-se no Alto Alentejo, no distrito de Portalegre e é o caso do olival intensivo.

Carla Aguiã