foto1.pngfoto3.jpgfoto4.pngfoto6.jpg

 

Rádio Portalegre - A Mais Ouvida do Alentejo

A RÁDIO QUE ESTÁ SEMPRE AO SEU LADO - WWW.RADIOPORTALEGRE.PT

CONSTRUÍMOS A RÁDIO TODOS OS DIAS - CONTAMOS CONSIGO, CONTE CONNOSCO TAMBÉM

 RÁDIO PORTALEGRE A RÁDIO LOCAL MAIS OUVIDA NA REGIÃO SUL DE PORTUGAL

Campo Maior:Cinco milhões para construir variante à EN 371

Foto de Rádio Portalegre.

(Por Gabriel Nunes/Susana Mourato) - O Governo vai investir cinco milhões de euros na construção de uma variante à estrada Nacional 371, em Campo Maior, bem como na melhoria dos acessos rodoviários à zona industrial da vila alentejana.

O lançamento do projeto de execução e a assinatura do acordo de colaboração entre a Infraestruturas de Portugal e a Câmara de Campo Maior, foi celebrado, quarta feira, nas instalações da empresa Tecnidelta II.

 

A variante à EN 371, em Campo Maior, tem com objetivos prioritários facilitar o acesso à fronteira do Retiro em direção à cidade espanhola de Badajoz e diminuir o trafego rodoviário dentro de Campo Maior.

Questionado pelos jornalistas sobre a data prevista para o arranque da obra, o ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, sublinhou que o mais importante é que “o financiamento está assegurado”, e aquilo que “é critico”, ou seja, o processo de expropriações e o projeto de execução “avancem de imediato”.

O presidente da Câmara de Campo Maior, Ricardo Pinheiro, por seu turno, salientou a importância desta obra não só para a região, como também para o país, porque vai contribuir para a melhoria da circulação de pessoas e bens entre Portugal e Espanha, através da fronteira do Retiro.

Ricardo Pinheiro destacou ainda o facto de esta ser a primeira obra em território nacional que tem como preocupação a ligação à plataforma logística que vai nascer em Badajoz.

O empresário Rui Nabeiro, fundador do grupo Delta Cafés, que tem sede em Campo Maior, considerou esta obra “necessária e vantajosa” para a vila e região.

Rui Nabeiro sublinhou que a construção da variante é benéfica para as empresas que operam em Campo Maior, e vem contribuir para a melhoria da circulação rodoviária no interior da vila que nos últimos tempos se tornou “insuportável”.

A variante à Estrada Nacional (EN) 371 em Campo Maior vai ter uma extensão de 3,5 quilómetros, e está inserida no âmbito do Programa de Valorização das Áreas Empresariais.